Prefeitura Municipal de Quinze de Novembro

Departamento Municipal de Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio

Departamento Municipal de Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio

Laudeno Lotário Eickstaedt

Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 07h30min às 13h30min.

(54) 3322-1506 / (54) 3322-1051

agricultura@pm15nov.rs.gov.br

Vencimento Mensal do cargo (ref. 2017): R$ 4.555,30.

Base Legal: Lei Municipal nº 2.191/2017, de 30 de janeiro de 2017.

 

O Departamento Municipal de Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio é responsável por:

  • Desenvolvimento econômico da agropecuária do Município;
  • Integração com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural;
  • Desenvolver projetos e ações para captação de recursos para o setor agrícola, como os convênios troca-troca de sementes;
  • Desenvolver atividades que visem criar agro-indústrias;
  • Incentivar associações de grupos, agroindústrias, inseminação artificial, conservação de solo, fruticultura, hortigranjeiros, citricultura, plasticultura, além de outros, profissionalização do agricultor, convênios com órgãos para desenvolver e estimular o conceito de empresa rural nas propriedades do Município;
  • Promover e valorizar o homem do campo;
  • Fomentar o aumento da produtividade do setor agropecuário;
  • Promover a melhoria das condições de vida e de trabalho da família rural;
  • Executar convênios e programas destinados a melhor atender o setor rural, promovendo o seu desenvolvimento e estimulando o produtor rural a permanecer em seu meio, evitando o êxodo rural;
  • Atuar na melhoria da infra-estrutura social para a área rural;
  • Desenvolver estudos e projetos, considerando as diferentes linhas produtivas, apoiando o setor através de ações e projetos específicos;
  • Promover a difusão de novas tecnologias;
  • Desenvolver programas específicos, de acordo com as prioridades do setor;
  • Apoiar a busca do auto-abastecimento e exploração de linhas de mercado;
  • Promover a integração entre o campo e a cidade; promover exposições agropecuárias; organizar feiras de produtores;
  • Estimular a criação de centro de compras para abastecimento de produtores rurais, destinados ao atendimento das necessidades;
  • Coordenar a elaboração de planilhas, quadros demonstrativos e relatórios da Secretaria;
  • Auxiliar o produtor rural na feitura de contratos de financiamento, preenchimento de formulários;
  • Fomentar a produção agropecuária para comercialização e subsistência;
  • Coletar dados e informações sobre a produção agropecuária, realizar e manter atualizado o cadastramento de produtores rurais;
  • Incentivar o cooperativismo, associativismo e o sindicalismo;
  • Promover a difusão de tecnologias;
  • Auxiliar na implantação de pastagens e silagens, inseminação artificial no rebanho leiteiro, entre outras.

São competências do Coordenador(a) do Departamento Municipal Agricultura, Pecuária, Indústria e Comércio:

  • Realizar estudos e pesquisas relacionadas as atividades específicas da área utilizando documentação e outras fontes de informações, analisando os resultados de métodos utilizados para atualizar e ampliar o próprio campo de conhecimentos; 
  • Coordenar atividades de sua unidade de serviço, orientando e executando as tarefas específicas das mesmas para  certificar-se  do desenvolvimento normal das rotinas de trabalho; 
  • Consultar a gerência da unidade sobre assuntos ligados a sua área de atuação para complementar seus conhecimentos, observações e conclusões; 
  • Participar da elaboração das políticas  a serem implementadas a fim de contribuir para a definição de objetivos e para a articulação de sua área com as demais; 
  • Organizar atividades e rotinas diárias de trabalho respaldando-se nas diretrizes traçadas; organizar e executar trabalhos programados, estabelecendo normas e processos a serem seguidos, assegurando o fluxo normal das mesmas; 
  • Representar sua área em comitês e outras reuniões assim como em outras instituições assumindo responsabilidade inerente a este cargo para emitir ou receber pareceres em assuntos de interesse da mesma; acompanhar o desenvolvimento das atividades, buscando soluções, tomando decisões ou sugerindo estudos pertinentes;
  • Avaliar os resultados das atividades implementadas, examinando os diversos processos envolvidos, certificando-se de prováveis falhas para  aferir a eficácia dos métodos aplicados a fim de providenciar reformulações adequadas;
  • Elaborar relatórios fornecendo registros de atividades relacionadas a sua área para documentar informações e dados constantes;
  • Informar a gerência mediata sobre o processamento dos trabalhos e resultados alcançados elaborando relatórios ou através de reuniões para  possibilitar a avaliação das diretrizes aplicadas e sua conjugação com a política geral da Instituição.