Prefeitura Municipal de Quinze de Novembro

Departamento Municipal de Obras, Viação e Urbanismo

Departamento Municipal de Obras, Viação e Urbanismo

Alexandre Lamb Budke

Segunda-Feira a Sexta-Feira, das 07h30min às 13h30min.

(54) 3322-1547/ (54) 3322-1506

obras@pm15nov.rs.gov.br

Vencimento Mensal do cargo (ref. 2017): R$ 5.307,47

Base Legal: Lei Municipal nº 2.191/2017, de 30 de janeiro de 2017.

 

É de resposnsabilidade do Departamento Municipal de Obras, Viação e Urbanismo:

  • Planejamento territorial, elaborar programas, projetos e executar obras de infraestrutura e serviços públicos no meio rural e urbano, construção e conservação de prédios públicos;
  • Executar atividades de apoio técnico e de serviços auxiliares;
  • Implantar sistemas de abastecimento das máquinas nos locais de trabalho, facilitar o acesso às propriedades rurais, limpeza e melhoria da área urbana, programas de encanamento da água potável para as comunidades interioranas, eletrificação rural, calçamento urbano e rural, entre outras;
  • Planejamento e a implantação de ordenamentos territorial do Município;
  • Execução ou a contratação de obras de pavimentação de logradouros públicos e obras de saneamento;
  • Elaboração de projetos e programas e a fiscalização permanente das obras de execução direta ou contratadas com terceiros;
  • Construção e a conservação de parques e jardins de áreas verdes e recreação;
  • Estudo de convênio com a União e o Estado para a construção, ampliação e concessão de obras de saneamento do meio;
  • Fiscalização e a aplicação das normas administrativas incidentes sobre construções, loteamentos, e com poderes de atuação e de interdição quando necessárias;
  • Aplicação das normas de trânsito afetas ao  Município e a regulamentação do sistema viário urbano em apoio e  com a colaboração dos órgãos estaduais especializados;
  • Levantamento, a programação e os projetos relacionados com o sistema rodoviário municipal;
  • Execução dos serviços públicos como: arborização, iluminação, transporte coletivo, cemitérios, abastecimento e conservação de obras de arte;
  • Aquisição e a conservação da maquinaria e de bens do serviço rodoviário, com apoio de oficinas de manutenção e de serviços auxiliares;
  • Preservação do patrimônio histórico e cultural;
  • Construção e conservação de edifícios e prédios de propriedade do Município ou do Estado, em regime de convênio;
  • Elaboração e execução de projetos especiais na área de moradias populares, regularização de indústrias;
  • Execução de atividades de apoio técnico tais como: a topografia, o desenho, o cadastro técnico, administração das pedreiras e o sistema de britagem bem como fabricação de artefatos de cimento.

São competências do Coordenador(a) do Departamento Municipal de Obras, Viação e Urbanismo:

  • Realizar estudos e pesquisas relacionadas as atividades específicas da área utilizando documentação e outras fontes de informações, analisando os resultados de métodos utilizados para atualizar e ampliar o próprio campo de conhecimentos; 
  • Coordenar atividades de sua unidade de serviço, orientando e executando as tarefas específicas das mesmas para  certificar-se  do desenvolvimento normal das rotinas de trabalho; 
  • Consultar a gerência da unidade sobre assuntos ligados a sua área de atuação para complementar seus conhecimentos, observações e conclusões; 
  • Participar da elaboração das políticas  a serem implementadas a fim de contribuir para a definição de objetivos e para a articulação de sua área com as demais; 
  • Organizar atividades e rotinas diárias de trabalho respaldando-se nas diretrizes traçadas;
  • Organizar e executar trabalhos programados, estabelecendo normas e processos a serem seguidos, assegurando o fluxo normal das mesmas; 
  • Representar sua área em comitês e outras reuniões assim como em outras instituições assumindo responsabilidade inerente a este cargo para emitir ou receber pareceres em assuntos de interesse da mesma;
  • Acompanhar o desenvolvimento das atividades, buscando soluções, tomando decisões ou sugerindo estudos pertinentes;
  • Avaliar os resultados das atividades implementadas, examinando os diversos processos envolvidos, certificando-se de prováveis falhas para  aferir a eficácia dos métodos aplicados a fim de providenciar reformulações adequadas;
  • Elaborar relatórios fornecendo registros de atividades relacionadas a sua área para documentar informações e dados constantes;
  • Informar a gerência mediata sobre o processamento dos trabalhos e resultados alcançados elaborando relatórios ou através de reuniões para  possibilitar a avaliação das diretrizes aplicadas e sua conjugação com a política geral da Instituição.